Dr.Turba

Dr.Turba

Carne vermelha pode provocar derrame

Estudo publicado no periódico Stroke mostra que o consumo de carne vermelha ou processada pode aumentar o risco de infarto cerebral em mulheres, mas não elevou o risco de hemorragia intracerebral ou sunaracnoidea na população estudada.

Pesquisas prévias já mostraram que o consumo de carnes vermelhas está associado a alguns tipos de câncer e pode ser um fator de risco para doenças cardiovasculares, no entanto estudos epidemiológicos sobre o consumo destes alimentos e sua relação com derrames cerebrais ainda é limitado.

Com o objetivo de examinar a associação entre o consumo de carnes vermelhas e a incidência de derrames cerebrais em uma população feminina sueca, a Swedish Mammography Cohort, foram estudadas 34670 mulheres sem doenças cardiovasculares e câncer no início da pesquisa. Durante um período de seguimento de cerca de 10 anos foram diagnosticados 1680 novos casos de derrame cerebral, 1310 infartos cerebrais, 154 hemorragias intracerebrais, 79 hemorragias subaracnoideas e 137 derrames inespecíficos.

O consumo deste tipo de alimento foi associado a um aumento estatisticamente significativo de infartos cerebrais em mulheres, mas não de hemorragia intracerebral ou subaracnóidea nesta população.

Fonte: Stroke – publicação online de 16 de dezembro de 2010. Consumo de carne vermelha ou processada pode aumentar o risco de infarto cerebral em mulheres, segundo artigo publicado na Stroke.