Dr.Turba

Dr.Turba

Mel para combater infecções

Photobucket

Estafilococcus aureus: Mel pode ajudar a combater infecções hospitalares, segundo estudo da Universidade de Sydney


Um estudo realizado na Faculdade de Ciências da Universidade de Sydney, na Austrália, mostrou que uma variedade de mel típica da Nova Zelândia, o mel Manuka, pode ser um eficiente agente no tratamento de infecções de pele e no combate a infecções hospitalares causadas pelo estafilococcus aureus oxacilino resistente (MARSA).

Cientistas da Universidade de Sydney, orientados pelo professor Dee Carter, descobriram que o mel Manuka contém uma substância altamente tóxica para a bactéria estafilococcus aureus oxacilino resistente (MARSA), a qual é resistente a vários antibióticos e pode provocar infecções hospitalares graves. Esta substância é conhecida como metilglioxal.

Teoricamente, o metilglioxal também seria tóxico aos seres humanos, mas há outras substâncias no mel que evitam este efeito nas células humanas, ao mesmo tempo em que promove a destruição das bactérias. Os pesquisadores esperam que, no futuro, produtos esterilizados à base de mel possam substituir pomadas antibacterianas no tratamento de algumas doenças de pele.

Ainda são necessários novos estudos para comprovar os efeitos do mel Manuka como medicamento alternativo.

Fonte: Innovations